O maior país maçônico do mundo EUA , faz ensaio de horror opressivo contra cristãos católicos por defender os pobres e miseráveis imigrantes, os quais se aventuram na terra do Tio Sam em busca das falsas “igualdade de oportunidades”  propostas pelo ilusório sonho americano de prosperidade e bem estar de vida em sua nova Atlântida de mentirinha!.

Diz-se, que estar nação que se tornou opressora da humanidade fora formada por protestantes retirantes ingleses, Pasmem!…os quais no passado também foram os imigrante denominados de “Os Peregrinos” (lembram do romance utópico evangélico?) Pois é, que ironia do destino hein!. Certamente esse comportamento “desumano e sectário”  falta a “fraternidade” estabelecida em sua constituição puramente maçônica.

Trago essa breve apresentação na reprodução desse post abaixo, objetivando fazer um alerta a todos os cristãos de boa vontade desse mundo velho perdido. Assim como trazer uma LUZ…de Jesus (claro!)!  E abrir o jogo de como será  estabelecida a pseuda Republica Universal Maçônica, a qual possui como cabeça da fera abominável do Apocalipse, os Estados Unidos na pessoa controversa de seu fútil presidente Trump, o evangélico encrenqueiro presbiteriano…Ainda bem que virei desigrejado amados/a!!!

Pois que, já é sabido por muitos que a Besta fera do Apocalipse (Anticristo), surgiria de uma nova terra virgem (EUA). Para mim estar claro…O mostro (filho da perdição) virá da América a qual já possui todas as abominações preditas nas Escrituras Sagradas. E mais… é nos EUA que estar estabelecida a instituição que já controla as nações da terra (ONU).

Não nos estranha o fato de todos os governos mundiais irem  aos Estados Unidos pedirem as benções financeiras aos senhores do mundo Illuminatis, inclusive! O próprio pseudo presidente brasileiro Bolsonaro, o Bozo da côrte (OPS!) já estar vinculado a Nova Ordem Mundial como uma das mais novas marionetes da MATRIX. Sudamericana…que Coiso hein!…Estamos é lascado meus irmãos/a!!!

Bom! queridos/a…para não ficar somente em minhas palavras, aleluias!…chega de desabafos gospel, vamos aos fatos….

Franciscanos e mais 70 católicos presos, nos Estados Unidos, por defender imigrantes

Cerca de 70 pessoas, que carregavam fotos de crianças imigrantes que morreram enquanto estavam sob custódia em centros de detenção norte-americanos, foram presas na quinta-feira, 18 de junho, enquanto protestavam no Capitólio, em Washington, contra a política de imigração do governo de Donald Trump.

A Rede Franciscana de Ação, um grupo católico em defesa dos direitos humanos, convocou a manifestação nos escritórios do Senado Russell*, parte do complexo do Capitólio, para protestar contra as condições desses centros, porque, acusam, que ele constituem uma violação aos direitos humanos.

Cerca de 200 padres, frades, freiras e outras pessoas no chão de mármore do prédio  do senado Russell.

“Nosso país nasceu na escuridão do que agora chamamos pecado original. E agora, uns

Foto: Mackenzie Harrys/Faith in Public Life

200 anos mais tarde, pensamos que havíamos começado a superar esses pecados. No entanto, nestes dias, Donald Trump está nos arrastando de volta àqueles tempos malignos, com uma combinação de medos irracionais, ódio de pessoas que não são dele e de pura crueldade. O que é quase tão maligno, é que os chamados cristãos apoiam e aplaudem e possibilitam essa descida para uma nova era de trevas na América. Estamos falando sobre as evidências disso, nessas ações hoje. Estamos particularmente citando a desumanidade que ocorre, mesmo enquanto falamos, nas nossas fronteiras do sul. É por isso que pedimos aos nossos milhões de irmãs e irmãos católicos, particularmente nossos bispos, que participem da luta pela alma da América”, declarou o frei Joe Nangle, de Justiça, Paz e Integridade da Criação da Província Franciscana  do Santíssimo Nome, preso na manifestação no Dia Católico de Ação pelas Crianças Imigrantes.

Foto: Mackenzie Harrys/Faith in Public Life

“As imagens de crianças em condições deploráveis e insalubres, sem acesso a chuveiros por semanas, incomunicáveis e dormindo em pisos de concreto sem cobertores, nos forçaram a ficar em solidariedade e dizer ‘não em nosso nome'”, discursou a irmã Áine O. Connor, uma das manifestantes presas.

Entre os presos, há vários padres, frades freiras e leigos que denunciaram as condições desumanas em que as crianças migrantes estão sendo detidas.

Reprodução: Site católico: Fala Chico

FONTE: Paz y Bien, Franciscans Action Network 

*O prédio de escritórios do Senado Russell é o mais antigo dos edifícios de escritórios do Senado dos Estados Unidos.

Posts recentes

Categorias